A definição mais simples de vocação é: Chamado. Trata-se de um chamado a um estado de vida. Mas, primeiramente, é o chamado de Deus despertando para a própria vida. O discernimento da vocação exige o confronto pessoal e a percepção mais profunda de si. Quem se sente confuso e não consegue discernir a vocação, deve buscar ajuda no acompanhamento vocacional, sendo que o discernimento implica ainda a oração, a relação de intimidade com Nosso Senhor e uma atenção aos sinais de Deus e ao que Ele fala.
A pessoa chamada se sente impelida, atraída para aquilo a que é chamada. É comum ouvir alguém que fez essa experiência da vocação dizer que o chamado é como se fosse uma voz que ressoa suave e “insistentemente aos nossos ouvidos”. É como um pensamento que insiste em permanecer, mesmo quando queremos descartá-lo. É algo forte que sentimos que por mais que tentemos refreá-lo não o conseguimos. É um desejo tão forte que as palavras não conseguem explicar, é algo que se sente!
(Vontade de Deus caminho meu – IPSCJ)
Qual será o seu primeiro passo?