Nenhum pecador é tão pronto a ofender a Deus como o devoto da luxúria. Ele é culpado de uma torrente de pecados, por pensamentos, por palavras e ações. Por meio desse pecado triunfa o demônio sobre o homem inteiro, sobre seu coração, sobre sua alma, sobre seu corpo. É necessário grande vigilância, vigilância violenta para guardar-se puro. Vigilância nos pensamentos, nos olhos e no coração. Porque uma vez concebido o mal, ele dá fruto, e frutos de morte. Deveis enquanto ainda te resta tempo guardar a pureza, ou buscá-la. Sois templo de Deus e deveis conservar a alma sem mancha. Não demorar os olhos naquilo que não leva seu coração para Deus.

Lectio Divina – Rezando com a Palavra